Um Domingo qualquer.
1

Um Domingo qualquer.

Perna de Borrego

Adoro os almoços de Domingo. E tudo o que eles significam. Juntar a família à volta da mesa e celebrar tudo o que a vida tem de melhor. Não há desculpas, ali é território de amor entre pessoas, e a comida tem um papel fundamental nessa união. Porque é dela que se fala. É com ela que se ri. Estica-se o tempo para que não acabe nunca. Os pratos e os talheres são extensões da nossa alma. Amamos enquanto comemos e vamos comendo enquanto amamos.

Existem receitas quase icónicas destes almoços. São a verdadeira exploração do Domingo, um dia sem trabalho e de descanso. Podemos dedicar assim mais tempo da nossa vida na cozinha a fazer algo especial. A utilizar ingredientes mais difíceis ou mais nobres. Queremos sempre o melhor para estes almoços especiais. E por isso acredito que é provavelmente a refeição mais caprichada de toda a semana. Onde se faz o melhor dos melhores pratos.

Gosto de assados. Daqueles que demorem tempo. Gosto do sabor do tostado. De acompanhar com deliciosas batatas assadas com casca e uma mão cheia de grelos salteados. São as imagens que tenho na memória e no palato. Para mim os assados são os ex-libris dos almoços de Domingo. Seja que ingrediente for, fica sempre bem num assado. Carne ou Peixe. Ou mesmo até só vegetais. Tudo para conseguir aquele sabor reconfortante e delicioso, causado pela caramelização característica dos alimentos no forno. Percebem a ideia, não é?

Na escolha do que se pode fazer para estes belos Domingos, temos uma infindável lista. O Frango é um dos reis, logo seguido pela Vitela e Lombo de Porco. Clássicos e intemporais. Ficam sempre bem e o conforto é imediato assim que provamos o primeiro pedaço. São coisas da paixão. Eu apaixonei-me por Borrego. De sabor intenso, esta carne mostrou-se fantástica para um belo assado. Tem tudo aquilo que gosto. Deve ser cozinhada lentamente para ficar ainda melhor. Tenra e deliciosa. Basta colocar o tempero certo e deixar assar. Sem grandes truques ou técnicas.

Esta é mais uma das receitas que fiz para o Intermarché. Sempre com o objetivo de fazer coisas simples mas com bastante sabor. Procurar esta relação entre ingrediente e tempero, deu-me um gozo fenomenal. Por isso vos deixo mais uma receita. Para alegrar um Domingo qualquer.

Perna de Borrego com Salsa e Aguardente.

Ingredientes (para 4 pessoas)

Perna de Borrego 1kg                             Salsa fresca  q.b

Tomate 2                                                Cebola 2

Aguardente aprox. 12 colheres sopa

 

Tempo de preparação – 90m:

Corte a cebola e o tomate já sem sementes em pequenos pedaços e forre um tabuleiro. Coloque no interior da Perna de Borrego desossada a salsa e regue com a aguardente, coloque agora o sal e mexa tudo uma vez, finalizando com um toque de azeite. Leve ao forno por cerca de 80m em temperatura média-alta. Vá regando com o molho do assado para não secar. Sirva com uma salada ou com arroz branco.

Truque: Uma malagueta seca cortada em pedaços vai elevar este prato a outra dimensão!

Uma colherada em “Um Domingo qualquer.

  1. Sem dúvida, que os assados de domingo, são também, para mim, das refeições mais marcantes! Um assado bem lento, em que o tabuleiro fica com os pingos de gordura agarrados. Uma carne tostada por fora, mas bem suculenta por dentro! Sim, sem dúvida, é do melhor! E borrego, ohh borrego … simplesmente no meu top 3 de carnes, aliás está em 2º lugar. Por mim, amanhã podia já ser domingo! 🙂

Responder a Minutos com os Tachos Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *