O Peixe que puxa a Carroça.
2

O Peixe que puxa a Carroça.

Robalo com Chouriço e Cebola

Existe um quase ditado nacional que diz que “Peixe não puxa Carroça”. Pelo que me dá para entender, ironiza a ideia que o peixe não dá energia para trabalhar no duro, e que para quem quer trabalhar intensamente tem de ir à procura de outra proteína para que possa ter a força suficiente de enfrentar tarefas árduas. Será que há receitas que puxem mais a carroça para o lado do peixe?

São muitos os exemplos da nossa gastronomia em que o peixe é tratado como um rei. Se é verdade que temos o melhor dos melhores do mundo, também é verdade que temos muitas maneiras de o cozinhar além do comum grelhado ou o exagerado frito. Nos acompanhamentos também encontramos uma diversidade enorme: massas, arroz e com batatas de todas as formas e feitios. Tudo ingredientes altos em hidratos de carbono e que nos vão ajudar a dar a tal energia que o peixe (de fácil digestão, na maior parte das vezes) não nos possa emprestar.

A nossa cozinha mais tradicional é uma cozinha rica em nutrientes para dar “força” de trabalho. Foram pratos que a maior parte das vezes saíram do campo e das gentes de vida árdua. E encerram em sí todo esse maravilhoso passado. São receitas e também são cultura. Muitos deles são caldeiradas ou pratos de uma panela só. Porque o importante era o trabalho.

Pessoalmente, gosto de lhe acrescentar enchidos. Porque têm uma boa percentagem de gordura e de sabor. Não sei se é a minha costela Transmontana em acção, mas é verdade é que sempre que penso em Bacalhau (muitos dizem que não é peixe), penso na sua versão recheada com salpicão ou presunto. Sim. Sou um ser estranho. Mas gosto.

Esta é uma das receitas que desenvolvi para o Intermarché. A ideia era criar receitas simples e com ingredientes que possam ser facilmente adquiridos num supermercado. Porque para cozinhar bem não é necessário ir à procura só de ingredientes exóticos ou em locais especiais. Podemos usar os mais comuns. E o robalo é um peixe que se encontra facilmente em todo o lado. Tem um sabor agradável e não é difícil ao nível das espinhas. Restava encontrar uma forma boa para o cozinhar a meu gosto. Robalo com Chouriço e Cebola. Soa perfeito, não soa? Acreditem que é saboroso, a verdadeira fusão entre os sabores da terra e do mar. E é super fácil de fazer.

Deixo então aqui a receita. Não tenham receio e saltem já para a cozinha. Pode ser que este seja o vosso novo prato favorito. Para mim já o é. E posso dizer que este peixe puxa definitivamente a minha Carroça. Sem sombra de dúvidas.

Robalo com Chouriço e Cebola

Ingredientes:
Robalos 1,5Kg
Chouriço vermelho 1
Cebola 2
Batatas 750g

Preparação:
Forre o fundo do tabuleiro com as batatas inteiras e com casca. Tempere com sal e um pouco de pimenta. Coloque o peixe já temperado de pouco sal no tabuleiro por cima das batatas e espalhe por cima o Chouriço às rodelas e a cebola em fatias grossas. Leve ao forno a 170º até o peixe estar cozinhado e o chouriço bem tostado. Delicioso prato de conforto para um fim de semana em família.

2 colheradas em “O Peixe que puxa a Carroça.

Responder a Rodrigo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *